• Pedro Lucio

PROPAGANDA E INDICAÇÃO



Larissa é uma menina moderna, vinte e poucos anos, vaidosa e bem arrumada que, adora comprar pela internet. Frequentadora assídua do Instagram, semanalmente posta fotos bem vestida e maquiada. Enfim uma menina normal.


Em uma de suas pesquisas encontrou uma loja no Instagram com uma propaganda maravilhosa sobre um vestido decotado e florido, lindo vestido. Não teve dúvida, entrou em contato com a loja e verificou que o prazo de entrega prometido pela atendente seria suficiente para receber o vestido antes da necessidade de uso, exatamente 3 dias antes.


Infelizmente o vestido não chegou na data. Larissa então entrou em contato com a atendente que, desta vez, não se preocupou em providenciar alguma ação extraordinária.... enfim... Larissa acabou recebendo o vestido com mais de uma semana de atraso.


Conversando com uma amiga sobre o ocorrido recebeu a indicação de comprar roupas em uma outra loja, cujo atendimento era muito bom e, segundo sua amiga, nunca haviam descumprido qualquer prazo ou entregado qualquer item de menor qualidade.


Em resumo, Larissa agora prefere receber indicações sobre onde e de quem comprar, ao invés de acreditar em propagandas.


Seria injusto dizer que isso é algo que acontece corriqueiramente em nosso mercado? Sim, seria. Afinal falhas também podem ocorrer em empresa indicadas. Porém devemos considerar alguns pontos nessa comparação.


Produtos e serviços promovidos por propaganda ou por indicação procuram sempre estabelecer o mesmo ponto de apoio na cabeça do cliente: a confiança de que aquele produto ou serviço será entregue de modo satisfatório para cumprir o fim a que se destina.


Na escolha da estratégia de venda para produtos e serviços, se propaganda ou indicação, precisamos sempre observar alguns pontos cruciais para que a estratégia funcione a contento.


Em geral propagandas são destinadas a produtos e serviços simples, que não implicam em grande risco para o consumidor, que são vendidos para uma larga parcela de clientes, isto é, varejo.


Já indicações são utilizadas para produtos e serviços mais complexos, notadamente para serviços que envolvem algum risco para os clientes ou quando seu valor é mais elevado para compra, normalmente para vendas em número mais reduzido.


Para que a estratégia de propaganda consiga cumprir sua tarefa muitos itens devem ser observados na sua elaboração, porém os principais são: definição do público-alvo e definição de uma mensagem clara e direta que promova o benefício a que se destina tal produto ou serviço.


Para que a estratégia de indicação seja bem utilizada, muitos itens devem ser observados em sua elaboração. Porém os principais são: estabelecer a rede de contatos para exercício do networking e definição dos canais para promoção da autoridade através de marketing de conteúdo.


Serviços e produtos mais complexos ou envolvendo maior risco serão mais adequados ao modo indicação, enquanto serviços e produtos mais simples, que envolvam menos riscos serão mais adequados ao modo propaganda de vender.


Em qualquer dos casos, propaganda ou indicação, é necessário saber posicionar a marca, seus produtos ou serviços e, comunicar bem a experiência que o produto ou serviço vendido, representante da marca, vai causar no consumidor.


Propaganda demanda mensagens e design bem feitos, enquanto indicação necessita de uma rede de networking com relacionamentos de qualidade


Precisa de ajuda para estabelecer uma estratégia de marketing para seus serviços, para atendimento e desenvolvimento de mercado, estrutura ou equipe de vendas para a sua empresa?


Necessita desenvolver um planejamento estratégico que integre a empresa e direcione a organização para um excelente atendimento a seus clientes? Precisa incrementar suas vendas?


Nós da Planeto podemos ajudá-lo.


Nossa experiência em gestão empresarial e na integração de equipes, além de ações de Marketing de Serviços promoverão a diferenciação de sua marca em seu segmento de mercado.


Fale conosco. Marketing de Serviços é a nossa praia.



#propaganda; #indicacao; #marketing; #marketingdeservicos; #networking

10 visualizações0 comentário