REPUTAÇÃO

Atualizado: Mar 8



Até quem não acompanha o Big Brother Brasil 2021 já ouviu falar que a participação de Karol Conká, cantora e compositora musical, vinha chamando muita atenção da audiência pelo lado negativo. Isto é, ela estava desagradando muita gente que assiste o reality da globo.


A poucos dias atrás a sua rejeição atingiu o pico de 99% de desaprovação. Um recorde de rejeição do público que acompanha o programa. Antes do programa Karol se tornou muito conhecida por manter uma postura pública de aceitação às diferenças, empatia e emponderamento. Isto criou uma imagem e uma reputação muito favorável a ela nos meios digitais e entre o público engajado nas pautas modernistas.


Porém, no decorrer do programa, a artista surpreendeu seus admiradores ao se mostrar uma pessoa totalmente diferente do que prega em todas as suas mensagens profissionais, músicas e aparições midiáticas.


Esta situação, a diferença entre suas mensagens e seu comportamento, resultou em uma crise de imagem e consequente perda de reputação com a inevitável perda de boa parcela do público que a admirava, fora os patrocinadores e programas de TV. Estima-se uma perda de 5 milhões de reais.

Karol não conseguiu sustentar a sua “marca pessoal”. Atitudes impensadas e a falta de coerência entre as suas mensagens na mídia e o seu comportamento no programa prejudicaram demais a sua imagem. A marca pessoal de uma figura pública é construída ao longo do tempo, e é sustentada por diversos aspectos como: suas mensagens, suas posturas, seus costumes e suas ações. Como resultado de sua marca pessoal construída, a sua reputação é o que trará a possibilidade de ter sucesso se for admirada pelo seu público ou, de ter fracasso no mercado se for rejeitada pela sua audiência.


Essa reputação forma o legado, que é a forma como os outros lembrarão da artista através de suas ações, posicionamentos e valores. A artista vendia uma imagem da sua marca que nunca existiu, ou pelo menos, entregou comportamentos e atitudes contrárias aos seus posicionamentos anteriores.


Ao criar uma marca pessoal ou de sua empresa, quais são os valores e conceitos que vêm à sua mente? Quais são seus posicionamentos e quais serão as suas estratégias para promovê-la e sustentá-la no mercado?


A marca não é definida apenas pelo nome, logotipo, cores e fontes. Ela também transmite ideias, estilo de vida e sensações aos consumidores.


As pessoas começam a comprar e identificar-se com a marca justamente pela sua imagem e reputação, pelos seus posicionamentos e por que não dizer, atitudes perante as opções existentes. Por isso é tão importante entender esses conceitos, decidir quais serão utilizados e principalmente, observar a coerência.


A reputação da marca deve ser uma das prioridades da empresa, pois quanto mais esta reputação é reconhecida pelo mercado mais clientes também se reconhecem na marca e se fidelizam a ela, seus produtos e seus serviços.


Uma boa reputação proporciona diversos benefícios para o negócio, incluindo o maior valor da marca, a manutenção da competitividade e a facilidade para conquistar novos clientes.


Para isso é muito importante estar atento aos feedbacks recebidos pelos seus clientes.


Um dos pilares da reputação digital é a pesquisa realizada pelo consumidor que digita o nome de determinada marca em sites e colunas de defesa do consumidor e lá aparecem comentários ou depoimentos desagradáveis. Por mais interessado que estejamos nos produtos ou serviços nos sentiremos desconfortáveis para realizar as compras.


Se uma marca não se dedica a acompanhar e monitorar o tipo de demanda que está recebendo nos sites de defesa do consumidor, e não se preocupa em prestar um atendimento no tempo certo ou com uma comunicação adequada e transparente para o seu consumidor, o que certamente colherá no futuro é uma reputação manchada.


Sabemos que os clientes confiam muito mais nas recomendações de quem já consumiu a marca do que no que a própria marca diz a respeito do seu produto ou serviço.


Isto nos mostra que somente criar o conteúdo e estabelecer uma autoridade através de propagandas, não é o suficiente. É preciso haver coerência entre as estratégias de marketing da empresa, a forma como ela se posiciona no mercado e como atende seus clientes.


Você entrega o que promete? Suas propagandas, divulgações e conteúdo estão de acordo com o que de fato a sua marca proporciona?


Necessita de apoio no planejamento de atendimento e relacionamento com clientes? Tem dúvidas na definição de planos ou no planejamento de marketing de sua empresa? Precisa incrementar suas vendas?


Nós da Planeto podemos ajudá-lo.


Nossa experiência em gestão empresarial e na integração de equipes, além de nossa atuação com marketing estratégico promoverão a diferenciação de sua marca em seu segmento de mercado.

Fale conosco. Marketing de Serviços é a nossa praia.



#atendimento; #marketing; #marketingdeservicos; #relacionamento; #reputacao; #marketingdeconteudo; #posicionamento; #marca


20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo