• Pedro Lucio

RELACIONAMENTO É COISA SÉRIA


Se existe uma coisa em comum e necessária para conquistar e manter amizades, clientes e amantes, essa coisa é chamada de bom relacionamento. Aliás, bom já não é suficiente em muitas situações.


Hoje em dia é necessário ter um ótimo relacionamento entre as partes, até porque o bom já se tornou meio “comum” com tanta concorrência no mercado.


Acho que precisamos explicar um pouco isso. Quando falamos em bom ou ótimo relacionamento é obvio que cada uma destas categorias, amigos, clientes ou amantes necessitam de certos quesitos. Na sua maioria estes quesitos são os mesmos para qualquer das categorias, somente alguns são específicos.


Os quesitos em comum para se ter um ótimo relacionamento são: bom tratamento, respeito mútuo, constância na relação e objetivos iguais ou pelo menos congruentes.

O bom tratamento tem a ver com reciprocidade e cordialidade utilizadas no bom atendimento dado à clientes, que também valem para amizades e principalmente para os amantes.


Quem já não foi recebido por um atendente ignorante em alguma loja e jurou nunca mais lá voltar? Quem nunca discutiu com amigos por causa de futebol ou política e acabou cortando a amizade?


Quantos casais não se separam devido ao péssimo tratamento entre eles. E neste ponto temos que admitir, meus amigos do sexo masculino estão “vencendo a competição” de tratar mal suas respectivas parceiras. E como existem idiotas neste mundo.


Respeito mútuo talvez seja o quesito mais raro nos relacionamentos. Na base desta falta de respeito mútuo está o ego e a falta de confiança na relação. Sistematizado na “vontade de controlar” o outro, a falta de respeito afasta clientes quando tentamos levar vantagens sobre eles.


Quem nunca comeu um bife de coxão duro amaciado e pagou por filé mignon?


Entre amigos a falta de respeito tem outros nomes como: brincadeiras de mal gosto, piadas racistas, bullying e outras mazelas que só prejudicam as amizades.

Entre amantes a falta de respeito vai de “vento em popa” e, começa quando o homem tenta controlar que roupa a sua mulher deve usar, que amigos ela pode ter e com quem ela pode se relacionar.


Da mesma forma ela tenta impedir que ele frequente lugares impróprios, que tenha amigos mais alegres ou até que frequente um campo de futebol.


Fiscalizar o celular e as mídias do parceiro ou parceira então virou febre.


Claro que sem respeito mútuo os relacionamentos vão de mal a pior. O processo de destruição é simples. Sem confiança não existe respeito. E sem respeito o relacionamento será o pior possível até acabar de vez.


A constância favorece o fortalecimento dos relacionamentos. Não é atoa que quando utilizamos um CRM (Customer Relationship Management) estamos procurando saber os hábitos de consumo e interesses de clientes e, com isso buscar formas de atrair clientes para novas compras.


Existe uma falsa ideia no mercado de que bons amigos não precisam se ver constantemente. Da mesma forma que o amor entre amantes se mantém na distância.

Esta ideia romântica desconsidera que relacionamentos necessitam de investimentos constantes e pior, desconsideram que mudamos diariamente.


Todos mudamos no tempo e, se estivermos “separados”, mudaremos em direções diferentes.


Objetivos comuns ou congruentes consolidam relacionamentos. Não existe nada mais forte para unir pessoas do que ter objetivos comuns e, logicamente o relacionamento deriva desta união.


Quando falamos na relação com clientes é mais simples pensarmos em objetivos congruentes. Quando oferecemos o que o cliente necessita e quando nossos produtos ou serviços oferecem o que o cliente procura, o relacionamento será facilitado por ambas as partes.


Quando pensamos em amizades e amantes, os mesmos objetivos farão toda diferença no desenvolvimento dos relacionamentos. Não é possível haver um bom relacionamento se os objetivos de cada um forem diferentes.


Se as preferências forem diferentes os amigos se afastarão. Se o casal tem necessidades e metas diferentes o relacionamento não terá muito para onde se desenvolver.


Relacionamento é baseado em comunicação, convivência, respeito mútuo e atitudes reciprocas. E ele só existe quando as duas partes entendem suas posições e estão dispostas a se adequar a estas características básicas.


Como em um casamento, amizade ou entre o prestador de serviços e o consumidor, em qualquer destes tipos de relacionamento existem muitas dificuldades e necessidade de se adaptar à cultura e forma de encarar a vida do outro.


Quando a empresa tem um ótimo relacionamento com seus clientes, a tendência é os clientes permanecerem fiéis a sua marca. Ninguém gosta de ter dificuldades com fornecedores.


Quanto mais você prova para o seu cliente, amigo ou companheiro que entende as suas necessidades, que confia e respeita a sua forma de ser, mais firme e saudável será o seu relacionamento.


Empresas são feitas de pessoas e, portanto, as mesmas leis que valem para relacionamentos entre as pessoas também valem para as empresas

Necessita de apoio no planejamento de atendimento e relacionamento com clientes? Tem dúvidas na definição de planos ou no planejamento de marketing de sua empresa? Precisa incrementar suas vendas?


Nós da Planeto podemos ajudá-lo.


Nossa experiência em gestão empresarial e na integração de equipes, além de nossa atuação com marketing estratégico promoverão a diferenciação de sua marca em seu segmento de mercado.


Fale conosco. Marketing de Serviços é a nossa praia.



#atendimento; #marketing; #marketingdeservicos; #relacionamento; #crm; #marketingdeconteudo



29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo