• Pedro Lucio

SOBRE HOMENS E CAVALOS



Enquanto os homens pensarem que os cavalos são incapazes de sentir os cavalos deverão sentir que os homens são incapazes de pensar.


O cavalo, assim como o homem, é uma animal que vive em grupos e, como qualquer grupo, sempre existe um líder, sempre existem normas de convívio e, sempre existem eventos onde o grupo é chamado a participar, discutir ou combinar novas ações.


Também como entre os homens, num grupo de cavalos geralmente o mais poderoso é o que comanda. Assim o garanhão comanda a manada e, na sua ausência, a égua madrinha assume a liderança.


Guardadas as devidas proporções, e não somente na falta dos machos, em muitos casos também as fêmeas comandam o grupo humano, podendo ser uma família, uma empresa ou um país.


Numa manada, a comunicação da liderança com o grupo é feita por meio da linguagem corporal. Outra semelhança com os homens que infelizmente ainda pensam que suas palavras comunicam mais que as suas ações, movimentos e expressões.


A égua madrinha também pune o membro insubordinado, isolando-o da manada e deixando o cavalo vulnerável aos predadores. Da mesma forma que entre os homens, os incapazes são demitidos e deixados à margem do mercado e à mercê dos boletos predadores. E os boletos sempre vencem.


Numa manada a presença do líder é fundamental, pois, dele partem todas a diretrizes de sobrevivência e isto mantém o grupo unido.


Quando o cavalo vive sozinho, fora da manada, ele fica sem referências, sem saber a quem obedecer, sem ter alguém que mostre o caminho a ele. Da mesma forma que um homem fora de um grupo, família ou comunidade.


Um indivíduo que esteja fora do trabalho, isolado da família, com poucos ou nenhum amigo terá certamente muitos problemas para poder levar a sua vida em frente. Homens foram feitos para viver em grupos. Assim como os cavalos também o foram.


Quando é obrigado a viver sozinho, o cavalo entende que seu líder é o homem mais próximo, aquele que o alimenta, treina e determina suas ações.


Diferentemente do que a maioria, que nunca conviveu com um cavalo imagina, ele é um animal de natureza dócil e sensível cuja principal defesa é fugir e, por isso se assusta facilmente. Se a fuga for em vão, aí sim eles recorrem à luta.


Chegando perto do animal, devemos conversar com ele e evitar movimentos bruscos para não o assustar. O cavalo irá respeitar o homem que o trate com respeito e não com violência. Até mesmo para domar um cavalo não se usa violência, mas sim comunicação e respeito adequados.


O mesmo acontece com os grupos humanos. Seja num grupo familiar, numa equipe de trabalho ou equipe esportiva, sempre que juntamos pessoas para uma determinada tarefa isolada ou recorrente, o método para exercer a liderança passa pelo respeito e pela boa comunicação.


Diferentemente do que infelizmente muita gente ainda acredita, e por isso a analogia, as pessoas e os cavalos não são liderados pelo medo ou pela violência.


Temos visto uma grande rotatividade de funcionários em empresas e, mesmo numa época de poucas vagas disponíveis. A maioria das pessoas deixam seus empregos pelo péssimo tratamento recebido e não pelos baixos salários.


Quando citamos péssimo tratamento podemos incluir diversos aspectos: Grosserias, estupidez, ordens desencontradas, exagero de carga, falta de orientação, assédio moral, falta de comunicação, assédio sexual, desorganização dos processos, ordens ilógicas, falta de apoio, e uma série de conflitos causados por incompetência dos administradores diretos e indiretos.


Claro que para transformar um grupo de pessoas em uma equipe de trabalho eficiente e bem coordenada, não basta apenas ter um tratamento adequando, alguns outros detalhes precisam ser cuidados. Quais seriam? Veja abaixo.


Para relembrar: https://www.planeto.com.br/post/trabalho-em-equipe, e em: https://www.planeto.com.br/post/trabalho-em-equipe2


O fato é que devido a uma série de acontecimentos dos últimos 25 anos, onde poderíamos listar desde a revolução tecnológica na área da comunicação até a mudança nos costumes sociais, desde a globalização da economia até a fartura e barateamento dos alimentos etc., o ser humano médio parece não ser mais o mesmo, pois, não aceita mais qualquer tipo de tratamento ou ocupação.


O comportamento e forma como veem o mundo são muito diferentes entre as pessoas das gerações atuantes no mercado (geração baby boomer, geração x, geração y e geração z). E somente isso já é suficiente para causar uma verdadeira confusão nos departamentos e recursos humanos das empresas e na cabeça dos gestores.


Há uma história única por trás de cada pessoa. Há uma razão para cada um ser como é. Pense nisso antes de pensar em julgar alguém.


Uma das grandes tarefas dos gestores de nossos dias, talvez a mais difícil e a que também toma mais tempo é a de encontrar, contratar e manter talentos para suas equipes. Ao mesmo tempo que sobram pessoas desempregadas no mercado, percebemos que sobram vagas não preenchidas em muitas empresas.


Também não podemos selecionar homens como selecionamos cavalos. Não basta olhar a qualidade do pelo, dos dentes e da postura. Beleza não é sinônimo de competência, habilidades ou caráter. As entrevistas e dinâmicas para recrutamento e seleção de pessoas estão aí para tentar reduzir as chances de erro nas escolhas e não são garantia de acerto.


Em nossos projetos ajudamos os clientes a reorganizar os processos de atendimento a clientes e a qualificar as pessoas para atuação em todas as posições em consonância com toda a estratégia de marketing e de vendas da organização, foco de nossos projetos.


Necessita de apoio no planejamento de atendimento e relacionamento com clientes? Precisa selecionar, treinar e qualificar seu pessoal? Tem dúvidas na definição de planos ou no planejamento de marketing de sua empresa? Precisa incrementar suas vendas?


Nós da Planeto podemos ajudá-lo.


Nossa experiência em gestão empresarial e na integração de equipes, além de nossa atuação com marketing estratégico promoverão a diferenciação de sua marca em seu segmento de mercado.


Fale conosco. Marketing de Serviços é a nossa praia.



#atendimento; #marketing; #marketingdeservicos; #relacionamento; #reputacao; #conteudo; #posicionamento; #pessoas; #equipe; #trabalhoemequipe



34 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo